Páginas

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

AS INSTALAÇÕES DE BARRY UNDERWOOD

A luz como dispositivo gerador de arte  pode ser fascinante quando usada como elemento de comunicação, entre  o espaço e como componente interativo da imagem.
Ela pode enfatizar e  criar um universo emocional dando   um suporte lúdico ao espectador.
Assim as imagens das instalações  criadas pelo artista americano Barry Underwood, fazem com que nosso olhar percorra espaços distintos, quase emanando uma natureza selvagem  e sonhadora.
Com exposições em diversos lugares, sua obra é questionadora e muito atemporal. 
Ele consegue interagir de maneira muito original  utilizando a luz como forma de criação, determinando linhas e pontos luminosos como um desenho em meio a paisagem.
Barry Underwood registra artisticamente o efeito visual da luz através de uma fotografia investigativa de sua própria obra, como se observasse um  fenômeno. E este é o ponto da síntese de seu trabalho.













sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

A ARTE INQUIETANTE DA ASSEMBLAGEM DE GREG HANSON

Eu me sinto instigado por fotografias e objetos antigos e me deparei com o artista Greg Hanson de Portland / Oregon.
Greg Hanson tem um trabalho inquietante e de uma arquitetura visual de elementos que ele encontra de maneira investigativa. Sua obra tem uma dimensão do que eu chamo  de arqueologia visual da imagem.
O artista faz Assemblagem, ou Assemblage ou semblagem um termo francês trazido a arte por Jean Dubufer por volta de 1953.   O  termo é usado para definir colagens com papéis , tecidos e também com objetos ou materiais tridimensionais. A assemblagem é baseada no princípio de que todo e qualquer material pode ser incorporado a uma obra de arte, criando um novo conjunto maior sem que esta perca o seu sentido original. Há uma junção de elementos em um conjunto maior,  onde sempre  é possivel identificar que cada peça é compatível e considerada importante na obra. Ao se utilizar de diversos materiais como papéis, tecidos, madeira e pequenas peças, o artista ultrapassa as limitações da superfície dando tridimensionalidade, efetuando  uma linguagem entre  pintura e escultura. 
Greg faz com maestria e subjetividade um trabalho que é impossivel não deixar de olhar.
Veja mais em :     http://www.galleriagreg.com/   














terça-feira, 20 de janeiro de 2015

SNAPSHOT DE WELDY RHADISKA - UNDERDOG ATHETES





Encontrei imagens feitas pelo jovem fotógrafo  de Jacarta chamado Weldy Rhadiska sobre o tema atletas e achei bastante interessante.
Ele intuitivamente cria um conceito simples e objetivo, atenuado por uma luz dramática sobre o personagem fotografado.
A composição das imagens traduzem o olhar artístico do fotógrafo , mostrando como uma idéia pode evoluir em uma  bela fotografia.  
As fotografias  postadas fazem parte de uma série de fotografias chamadas de   Underdog Athlete.
Veja mais sobre o trabalhoo dele  em:   https://500px.com/WeldyRhadiska 















quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

TAKAHIRO OGAWA

Takahiro Ogawa é um fotógrafo de moda que produz imagens de maneira muito singular. Transitando pelo universo da publicidade, seu trabalho concilia algo inovador sempre em diversos editorias de revistas especializadas. Morando em New York,   tornou-se  famoso por conciliar no mundo da moda  produções simples e   inusitadas  com referenciais extremamente artísticos.
É interessante observar seu trabalho pela direção de arte  e pelo contexto  de sua linguagem que rebusca muitas vezes algo teatral, como as imagens postadas abaixo.
 
 
 
 





 

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

A ILUSTRAÇÃO DE UMA BALEIA PINK POR CATHERINE RAZINKOVA

Catherine Razinkova é uma jovem ilustradora de Kharkiv (Ucrânia) que  faz ilustrações delicadas e com um apelo emocional  que seduz. Ao  deparar com seus desenhos me transportei para uma  livraria escolhendo e comprando  cartões de aniversário ou até de  natal, para  mandar para alguém especial.
Há algo de um resgate emotivo  em suas imagens que nos traduz singeleza, algo de um certo romantismo  e de contos de histórias infantis.
Abaixo estão postadas algumas imagens da baleia pink que ela desenhou e que mostra com simplicidade um pouco de seu universo fantástico, evidenciando  sua delicadeza ilustrativa.
Catherine Razinkova estudou na Academia Estado Kharkiv de Artes e Design na Ucrânia com especialização em designer gráfico. Seus desenhos apresentam ampla trajetória de aplicação e atualmente ela trabalha para uma empresa produtora de jogos para redes sociais.