Páginas

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

CONSTRUINDO A CENA COTIDIANA PELAS IMAGENS DE SLINKACHU

As imagens produzidas pelo artista britânico são sempre muito divertidas e traduzem algo simples, mas desperta sempre nosso olhar.
Sua intenção é transformar pequenos objetos em um universo lúdico de nosso cotidiano banal.
Com muito estilo ele cria cenas divertidas e as fotografa por uma dimensão que dão o tom dramático da situação.














walking


segunda-feira, 18 de agosto de 2014

MATHEW WOODSON E SEU MUNDO DA ILUSTRAÇÃO

Encontrei o lindo trabalho do jovem  ilustrador americano Matthew Woodson. Seu desenho tem um universo vintage, com algo que nos lembra muito as antigas ilustrações de almanaques.
Suas imagens são simples mas apresentam  um extremo rigor de traço e muitas vezes com  economia de cor. 
Ele graduou-se na Escola do Instituto de Arte de Chicago no início de 2006, com foco em História Natural  e Ilustração. Seus trabalhos  chamaram  a atenção do mercado e suas primeiras ilustrações foram para a a Agência Margeotes, Fertitta & Partners de Nova Iorque para ilustrar o design da campanha de  Perry Ellis para o Outono / Inverno 2006. 
Desde lá seus desenhos  aparecem para diversas campanhas e publicações tais como: American Express, Annabelle Magazine, Assics, Bon Appetit Magazine, The Atlantic, The Boston Globe, Boston Magazine, Business Week, Chicago Magazine, Complex Magazine, Dazed & Confused Magazine, ESPN, Forbes Magazine, Ford, Fortune Magazine, Glamour, Godiva, GQ, Hollywood Reporter, Image Comics, Intelligence Report, Jordan, Ladies' Home , Vogue, Western Living Magazine, Vogue,  Wired Magazine, etc.









 




sexta-feira, 8 de agosto de 2014

A COR COMO INSPIRAÇÃO DA IMAGEM POR FLOTO & WARNER

Encontrei imagens  sobre a cor  produzidas pelo casal de fotógrafos americanos  Jeremy Floto e Cassandra Warner  que assinam como  Floto+Warner.
O trabalho desta dupla é inspirador  com um portfólio repleto de imagens que chamam a atenção na  captura  de jatos coloridos,  colocados na paisagem.  A  série de fotografias  simulam   movimentos que seriam invísíveis  ao nosso olhar.
A cor exposta se transforma em densas esculturas em um universo mágico  e  sem o uso de photoshop. 
Eu gosto desta atitude experimental onde  a imagem capta a cor de forma intensa e parece traduzir  significados dramáticos e muito divertidos ao mesmo tempo.










sexta-feira, 1 de agosto de 2014

A PINTURA MURAL DE BORONDO E JAZ

Abaixo estão imagens de dois jovens  artistas londrinos Borondo e Jaz, que incorporam uma perfomance street art mural em uma das ruas de Londres.
Juntando estilo estes  artistas inserem na paisagem da cidade a possibilidade de uma simples  criação, mudando o visual de uma rua.
A obra dos artistas sugere uma figuração expressiva  e a proporção das imagens é contagiante.

 mural_jaz_borondo_london_05

 mural_jaz_borondo_london_03

mural_jaz_borondo_london_02

 mural_jaz_borondo_london_01

 mural_jaz_borondo_london_10

MIND


segunda-feira, 21 de julho de 2014

body


A ARTE TRANSFORMANDO UMA POLTRONA CLÁSSICA

Quando a arte transforma objetos refazendo nosso olhar é algo muito bacana. Assim a conhecida  poltrona clássica britânica  de edição limitada (UK), foi criada em versões muito legais com design artístico de Bytokidoki (Itália), Kozyndan (EUA) e Zutto (Rússia). 
Cada poltrona apresenta um design limitado numa  edição de 33 peças numeradas sequencialmente. As poltronas  são 100% feitas no Reino Unido por uma empresa que tem mais de 65 anos de experiência na fabricação de móveis. 
Todo o material usado na fabricação da poltrona é de madeira maciça, com espuma de alta densidade e o tecido é camurça com impressão. O certificado de autenticidade é impresso na parte inferior da cadeira e cada designer  personaliza seu trabalho,  assinando em  uma das pernas da poltrona.




A OBRA QUESTIONADORA DO ARTISTA COLOMBIANO RAFAEL GOMEZ BARROS

RAFAEL GOMEZ BARROS é um  jovem artista de  Bogotá (Colômbia-1972) e  apresenta uma obra bastante fascinante . Seus projetos sugerem geralmente  uma conotação quase que política diante da  atual situação de seu país. Seu trabalho de instalações artísticas  transita sobre uma ótica sociaL, fala da relação das pessoas com a realidade, identidade e anonimato.
Sua obra tem algo de escultura e sua imagem cria uma intervenção muito forte na paisagem e no espaço, criando uma estética ao mesmo tempo bem humorada e que nos faz pensar.
Rafael Gomez Barros traduz um  senso humano em sua obra. Sua arte é genuína, cria emoção e nos coloca em questionamento.
Veja mais em www.gomezbarros.com